Calendário Bolsa Família 2019

O Bolsa Família 2019 é um benefício de transferência de renda focado em dar dignidade e combater a fome de famílias em situação de pobreza. Ele é pago mensalmente e os dias de pagamento mudam de acordo com mês. Portanto, para que não perca o prazo de saque de seu benefício, é necessário que fique atento ao calendário Bolsa Família 2019. Quer saber um pouco mais sobre este documento? Leia o artigo abaixo.

Calendário Bolsa Família 2019

Calendário Bolsa Família 2019 – Datas de Pagamento do Benefício Social Caixa

Calendário Bolsa Família 2019

O calendário do bolsa família 2019 é um documento no qual todos os beneficiários devem ter em mãos. Ele possui o objetivo de orientar as pessoas à respeito das datas de pagamento de seu benefício. Para que o pagamento não seja feito a todos os milhões de beneficiários em apenas um dia do mês, evitando assim que as agências e sistema fiquem sobrecarregado, a Caixa organiza o pagamento do bolsa família de acordo com final do número de inscrição social, também conhecido pela sigla NIS. Esse número também está exposto no cartão do benefício.

Calendário do Bolsa Família 2019

Calendário do Bolsa Família 2019

É importante o beneficiário ficar atento porque o saque só pode ser realizado 90 dias após a data indicada no calendário Bolsa Família 2019.


Valor do Bolsa Família 2019

Valor do BenefícioO valor a ser recebido do Bolsa Família 2019 varia de acordo com sua situação.

  • Benefício básica: As famílias que se encaixam nessa situação devem possuir renda mensal de R$89,00 por pessoas. Nesta situação, ela é descrita em situação de extrema pobreza. O valor do benefício é de R$89,00 mensais.
  • Benefício Variável: Esta modalidade é focada em famílias pobres constituída por gestantes ou mães em estado de lactação e também crianças com até 16 anos incompletos. A cotação do benefício é de R$41, podendo ser acumulado até 5 benefícios mensais por família.
  • Benefício Variável Jovem: Esta situação é indicada para jovens e adolescentes com idade entre 16 e 17 anos. O valor do benefício é estipulado em R$46 mensais.
  • Benefício para superação da extrema pobreza: Esta modalidade é indicada para famílias em situação de extrema pobreza. Na ocasião, o Bolsa família vem como um auxiliador para retirá-la dessa situação. O valor do benefício é determinado após o cálculo realizado pela renda ou benefício que a família já recebe do Bolsa Família.

Confira também as regras para receber pelo calendário PIS 2019, e veja como receber o seu abono salarial pela Caixa Econômica Federal.


Quem tem direito ao Bolsa Família 2019?

Para ter direito ao bolsa família, o seu grupo familiar precisa estar enquadrado no que é chamado de “situação de pobreza”, ou seja, a média dos ganhos de todas as pessoas do grupo familiar não pode ultrapassar R$ 170,00 mensais – isso inclui, tanto as pessoas economicamente ativa quanto aposentados e crianças.

Além disso, as crianças e jovens do grupo familiar precisam estar matriculados na escola e manter um bom desempenho escolar para não ser desligados do programa. Além disso, a cada 2 anos, o grupo familiar precisa atualizar as suas informações junto ao órgão responsável pela inscrição – o chamado recadastramento do Bolsa Família.

Saque Bolsa Família 2019

Saque Bolsa Família: Como receber o pagamento do benefício

Requisitos para receber o benefício:

Para receber o benefício e evitar de ter seu bolsa família 2019, é importante que a família cumpra todas as regras abaixo:

  • Tenha renda inferior à R$ 170,00 por pessoa ao mês;
  • Não faça alteração do endereço sem comunicar no CRAS;
  • Tenha todas as crianças entre 6 e 15 anos de idade matriculadas na escola, e com frequência escolar superior a 85%;
  • Tenha todos os jovens entre 16 e 17 anos de idade matriculados na escola e com frequência escolar superior a 75%;
  • Tenha todas as crianças com idade entre 0 a 7 anos de idade com a carteirinha de vacinação em dia.

Como se Inscrever no Programa Bolsa Família

Para se inscrever, será necessário, antes de tudo, realizar o seu cadastro no CADÚNICO. Mas não se preocupe: Basta seguir os passos indicados abaixo que você consegue:

  • Reúna todos os documentos exigidos pelo MDS:
    • Documento de identidade (de todos os membros do grupo que tiverem)
    • Certidão de nascimento (de todos os membros do grupo que ainda não tiverem documento de identidade)
    • CPF (de todos os membros da família)
    • Certidão de casamento (se tiver)
    • Título de eleitor regular (de todos os membros acima de 18)
    • Carteira de trabalho atualizada
    • RANI (no caso de indígenas)
  • Após reunir os documentos, procure o CRAS da sua cidade para solicitar a inclusão no CADÚNICO;
  • Solicite o cadastro no Programa Bolsa Família.

Mas se você ainda tiver dúvidas em relação ao programa social, assista esse vídeo abaixo.


Qual o valor do Bolsa Família 2019?

O valor do benefício varia de família para família, de acordo com a composição de cada grupo familiar. Portanto, confira abaixo os valores do benefício por membro:

  • Benefício Básico: É um benefício reservado à famílias em situação de  extrema pobreza. Somente um benefício por cartão, de R$ 89,00 ao mês, se renda por pessoa for inferior a R$ 89,00 ao mês;
  • Benefício Variável: É pago de acordo com o número de crianças entre 0 a 15 anos de idade ou gestantes cadastradas no grupo familiar. O valor mensal é de R$ 41,00 por criança cadastrada.
  • Benefício Variável Jovem: É pago de acordo com o número de jovens entre 16 e 17 anos cadastrados. Apenas é possível cadastrar 2 jovens nessa modalidade. O valor mensal é de R$ 48,00 por jovem cadastrado.
  • Benefício para Superação de Extrema Pobreza: É pago para famílias com renda inferior a R$ 89,00 ao mês, mas não possui valor definido. Seu teto é de R$ 89,00 ao mês.

Cartão Bolsa Família 2019

Após realizar a inscrição, os dados do grupo familiar passarão por análise do Ministério do Desenvolvimento Social. Não existe prazo para essa análise ser concluída, mas sabe-se que leva pelo menos 30 dias.

Cartão do Bolsa Família 2019

Cartão do Bolsa Família 2019

Após análise, o cartão do benefício é enviado diretamente para o endereço cadastrado. Se você não tiver endereço formal, será necessário retirar o cartão em uma agência da Caixa Econômica Federal.

Como desbloquear o cartão do Bolsa Família?

Após receber o seu cartão, será necessário desbloquear o documento em uma Agência da Caixa PIS 2019 ou Lotérica para poder sacar o benefício.

Basta levar seu cartão e um documento de identidade com foto, porém o desbloqueio precisa ser feito pelo próprio beneficiário.

Não recebi o meu cartão do Bolsa Família 2019, o que aconteceu?

Existem vários motivos pela qual o cartão do benefício ainda não ter sido entregue:

  1. Seu benefício ainda está em fase de análise;
  2. Seu benefício foi analisado e o pedido foi recusado;
  3. Seu benefício pode ter sido aprovado, mas estar na fila de espera para envio do benefício.

Como sacar o Bolsa Família 2019

Para sacar o bolsa família o beneficiário deve ir até uma unidade da Caixa Econômica Federal ou posto de atendimento ligado à instituição financeira.

Saque Bolsa Família 2019

Saque Bolsa Família: Como receber o pagamento do benefício

Os postos de atendimento credenciados para efetuar os pagamentos são:

  1. Agências da Caixa Econômica Federal;
  2. Correspondente Caixa Aqui
  3. Lotéricas conveniadas a CEF.

Provavelmente, em seu município deve haver alguma unidade destas citadas acima.

Confira também: Calendário PASEP 2019 – Datas de pagamento do Abono salarial 2019 BB.

O beneficiário deve comparecer com:

  • O cartão do bolsa família
  • E também a carteira de identidade.

Gostou do Artigo? Avalie abaixo: ⤵

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

One Response

  1. Paula Chagas

Leave a Reply